quinta-feira, 19 de julho de 2012

O que precioso é



Valha-me Senhor do Bom-fim
recomeço
Que de tanto erro
[peco por não insistir
No Acerto

(l)ado da moeda 
rasante
mergulhando no ar

chega às mãos no tempo
próprio-determinado

As tiras que me amarram
corto-as todas e desfaço
aquele encantamento

ilusória visão de mundo
reinvento-me por completo
todo segundo precioso
[é o pensamento

Joice Furtado - 19/07/2012

1 comentários:

Albuq disse...

Lindo! Precioso mesmo é a fé!
bjs