domingo, 8 de janeiro de 2012

Leve-me


Tire a roupa amor
ou deixe que eu a tire
Preciso um pouco mais, mais de você
Sentir sua pele, seu peso 
Estive a tarde toda pensando
e agora você está aqui
dormindo ao meu lado
Eu o olho, decoro-o
Minha mão quer tocar sua pele
Tento dormir, mas meu corpo deseja,
deseja juntá-lo, entrelaçá-lo em mim
Amor, não me faça esperar
porque minha boca tem sede
e os calores que me provoca
podem até me matar
Junte-se a mim nessa dança,
junte-se a mim para amar
Está aqui e eu estou
entregue
Dá-me essa noite, 
noite de amor infinito,
para que meu sono seja leve,
leve-me ao paraíso.



1 comentários:

Elton Sipião O Anjo das Letras. disse...

Tu tens uma poesia erótica linda e com uma linguagem poética espontânea e bem jovial de livre acesso ao entendimento da maioria das pessoas.Amei muito o teu jeito de escrever.Tornei-me seguidor do teu blog,obrigado por seguir o meu também.Beijos poéticos em tua linda alma feminina.