domingo, 15 de julho de 2007

Oração

"suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. "
Colossenses 3:13
Deus, que dor é essa que sinto em meu coração? Uma dor angustiante, que parece envenenar a minha alma. É a dor da solidão. Não é a solidão de não ter uma pessoa no sentido amoroso, não é isso. A pior das solidões é aquela que se sente no meio das multidões, quando você não sabe o que realmente significa a palavra "Amigo". É essa dor que vi nos olhos de algumas pessoas naquele parque de exposições. As pessoas que acham que estão bebendo para se divertir, porém, estão bebendo para abafar uma dor, uma tristeza, a vergonha de não saber quem é ou querer ser aceito pelo que não é. Sonhos perdidos, sonhos roubados, ilusões. Quão terrível foi ver a solidão nos olhos daquelas pessoas. Eu estava ali e não estava me divertindo, estava observando, compreendendo.
São poucos que você pode contar. Nem todos sonham como você ou querem que você alcance seus objetivos. Dói muito quando alguém te desrespeita com palavras. Queima dentro do peito. É horrendo!
Oro a ti, óh Deus, para que sare o meu coração, para me ajudar a ser melhor do que sou, para perdoar. Para me dar pessoas com as quais eu possa contar, verdadeiros amigos. Não devo reclamar. "Para tudo existe um propósito!" Deus está tirando a auto-suficiência do meu coração, derrubando o orgulho. Ensinando-me a valorizar o que tenho. E o que tenho? Eu tenho fé! Eu tenho um verdadeiro amigo, alguém que não me abandona, que me ajuda e vê em mim alguém que tem valor.
Obrigada Jesus

1 comentários:

Gisele disse...

Minha querida irmã..
Não fike triste com pessoas que dizem que são suas amigas e ficam te ignorando..Tudo que se faz aki na terra pagamos aki mesmo...Você é mt especial e terá mts pessoas ao seu redor que te fará feliz.
Abraços e Beijos
Sua irmã Gisele