quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

La belle dame




Provocante ela vem
e me olha sorrateira,
com esse brilho encanta,
fervilha meu sangue nas veias
Tímida? Nem pensar!
Devassa mulher de trinta
Sexualidade pura aflora
na pele faminta
Se entrega a quem amar
La belle dame
Com ela eu sou tudo,
com ela é por inteiro
Ela vem
com sua liga na perna
e me faz de refém
nesse seio, sabor e cheiro.
Suas entranhas, delírio!
Não há como refrear
Nossos corpos assim envolvidos,
quem sou eu para negar
a satisfação dos seus desejos,
se os meus são todos dela
Vem e me tire do sério
Vem mais um pouco
Minha devassa mulher
Roube-me o ar.

1 comentários:

manuel marques disse...

Lindo,sensual...

A sensualidade é o intervalo entre a luva e o começo da manga."

Beijinho meu.